Análise do Ambiente

Análise do Ambiente Interno:


O ambiente interno é o nível de ambiente da organização que está dentro da organização e normalmente tem implicação imediata e específica na administração da organização.
A análise interna tem por finalidade colocar em evidência as deficiências e qualidades da empresa que está sendo analisada, ou seja, os pontos fortes e fracos da empresa deverão ser determinados diante da sua atual posição produto-mercado. Essa análise deve tomar como perspectiva para comparação as outras empresas do seu setor de atuação, sejam elas concorrentes diretas ou apenas concorrentes potenciais.

Para o estabelecimento dos pontos fortes, fracos e neutros da companhia, o executivo deverá analisar uma série de aspectos importantes do ambiente interno, tais como:

· Aspectos organizacionais: rede de comunicação; estrutura da organização; registro dos sucessos; hierarquia de objetivos; política, procedimentos e regras e habilidades da equipe administrativa.
· Aspectos do pessoal: relações trabalhistas; práticas de recrutamento; programas de treinamento; sistema de avaliação de desempenho; sistema de incentivos; rotatividade e absenteísmo.
· Aspectos de marketing: segmentação do mercado; estratégia do produto, preço, promoção e distribuição.
· Aspectos de produção: Layout das instalações da fábrica; pesquisa e desenvolvimento; uso de tecnologia; aquisição de matéria-prima; controle de estoques e uso de subcontratação.
· Aspectos financeiros: liquidez; lucratividade; atividades e oportunidades de investimentos.

Existem diferentes técnicas disponíveis para ajudar a administração a realizar uma análise efetiva e eficiente do ambiente. Abaixo estão citadas algumas dessas técnicas:

Aspectos organizacionais:

A companhia delega autoridade de forma apropriada?
A estrutura organizacional da companhia é apropriada?
As tarefas e metas de desempenho estão claramente entendidas pelos trabalhadores?

Aspectos de pessoal:

Os programas de treinamento são adequados?
Os procedimentos para recrutamento e seleção de empregados podem ser melhorados?
Nosso sistema de avaliação de desempenho é justo e preciso?

Aspectos de marketing:

A pesquisa de mercado é usada para se obter melhores vantagens?
As propagandas são usadas de forma eficiente e efetiva?
A companhia pode melhorar o sistema de distribuição do produto?

Aspectos de produção:

A organização pode melhorar seu nível de tecnologia?
O fluxo de trabalho dentro da fábrica pode ser mais eficiente?
A organização pode diminuir sua taxa de rejeição?

Aspectos financeiros:

Uma análise do relatório de receitas da companhia pode indicar melhorias passíveis de serem feitas?
Uma análise do balanço pode indicar melhorias passíveis de serem feitas?
A análise de ponto de equilíbrio pode ser usada para melhor alinhar custos em função dos lucros?

A análise do ambiente interno ou auto-análise requer muita isenção de ânimo e imparcialidade no julgamento, pois qualquer tentativa de encobrir fraquezas ou desempenhos insatisfatórios poderá comprometer toda a estratégia futura. A avaliação pode ser conduzida por pessoas da própria organização envolvidas com o planejamento estratégico, ou através de consultores externos. O importante é incorporar o exercício de auto-análise à rotina operacional para que ele funcione efetivamente como uma ferramenta de administração estratégica.

voltaindexavança